Empresa Júnior da Poli-USP cria programa para auxiliar a permanência estudantil dos seus membros   

A Poli Júnior, empresa júnior organizada por alunos da Escola Politécnica (Poli) da USP, criou uma iniciativa para auxiliar financeiramente a permanência dos seus membros com dificuldades socioeconômicas na empresa, por meio da sua comissão de diversidade e inclusão, chamado DiversiPJ.     

“O que percebíamos era que muitos membros da PJ que se encaixavam nessa situação não conseguiam permanecer na Poli Júnior, devido à necessidade, muitas vezes, de trabalhar por fora para ajudar no sustento da família. Com a pandemia, a situação financeira de alguns membros se agravou ainda mais e decidimos criar o DiversiFica, que desde março está ajudando na permanência dessas pessoas na empresa”, explica Marina Coutinho.

A comissão da empresa júnior também fornece os equipamentos necessários para os projetos da empresa e para o bem-estar de membros que não tenham condições equitativas de homeoffice. Ou seja, a empresa fornece a quem precisa itens tais quais fones de ouvido, cadeiras e mesas para homeoffice, até computadores capazes de operar os softwares necessários para o trabalho. 

Saiba mais.

Acesse as redes sociais da EJ:

 

Instagram: @polijuniorusp 

LinkedIN: https://www.linkedin.com/company/poli-j-nior/