USP sediará a conferência anual de saúde planetária de 2021

São Paulo, Brasil – O evento PHAM 2021, conhecido internacionalmente como a 2021 Planetary Health Annual Meeting and Festival, será gratuito e virtual. Ele está sendo organizado em parceria da Universidade de São Paulo com a Planetary Health Alliance, encontra-se em sua quarta edição e acontecerá pela primeira vez fora do eixo Europa-Estados Unidos, entre os dias 25 a 30 de abril. No evento, haverá o lançamento da Declaração São Paulo de Saúde Planetária.
Ao longo de um ano, a COVID-19 infectou mais de 125 milhões de pessoas e provocou quase três milhões de mortes em todo o mundo. O Brasil, recentemente, tornou-se o novo epicentro da pandemia, acendendo o alerta das autoridades de saúde mundiais. A pandemia revelou como os seres humanos estão profundamente interligados uns com os outros e com os sistemas naturais. As conexões entre a saúde planetária e a pandemia COVID-19 são numerosas, assim como o são as interfaces desse conceito emergente com as mudanças climáticas. A saúde planetária se concentra em compreender e abordar os impactos da mudança ambiental global na saúde humana. “Se nossas atividades são parte do problema, devemos mudar nossos comportamentos e ser parte da solução, mas nenhum stakeholder consegue resolver esses problemas sozinho. Agora, mais do que nunca, é crucial reunir diferentes setores para lidar com essas questões complexas”, afirma o professor titular da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Antonio Mauro Saraiva, presidente do evento e coordenador do Grupo de Saúde Planetária do Instituto de Estudos Avançados da USP (GSP-IEA-USP).
O tema do PHAM 2021 será “Saúde Planetária para Todos: Unindo Comunidades para Alcançar a Grande Transição”. Nosso objetivo é reunir várias partes interessadas de todo o mundo para compartilhar seus insights sobre como poderemos garantir um novo paradigma de desenvolvimento capaz de salvaguardar o futuro da saúde humana protegendo os sistemas naturais da Terra. As sessões cobrirão vários tópicos, que vão desde os valores humanos fundamentais da saúde planetária; passando por como financiar e
estruturar a produção de conhecimentos sobre o tema; abordando a incorporação dos princípios de saúde planetária nas novas economias do século 21; discutindo a necessidade de uma nova visão de governança, multilateralismo e cooperação global para atingir os objetivos; e, por fim, trazendo exemplos concretos de movimentos sociais e da construção de mudanças sociais que emergem da sociedade civil organizada.
Entre os palestrantes estarão a ecologista e escritora Robin Wall Kimmerer, professora da Universidade Estadual de Nova Iorque e fundadora do Centro para Povos Nativos e Meio Ambiente; a queniana Wanjira Mathai, Vice-Presidente e Diretora Regional para a África da ONG World Resources Institute (WRI); e o Fundador e Presidente da Terracycle e idealizador da plataforma Loop, Tom Szaky. Entre os palestrantes brasileiros teremos, entre outros, o jornalista Jamil Chade; Virgílio Viana, da Fundação Amazônia
Sustentável; a fundadora e diretora da Rede das Marés, Eliana Sousa Silva; a líder indígena Jera Guarani; Silvia Lagnado, representando a Natura & Co; além de representantes da Fapesp e de prestigiadas universidades brasileiras. Mais informações sobre os palestrantes estão disponíveis no site do evento.
O PHAM 2021 será gratuito e virtual. Este evento será uma experiência produtiva e empolgante para palestrantes e participantes. A tecnologia está ao nosso lado, permitindo-nos hospedar mais de três mil participantes em uma plataforma de “conferência virtual” que incluirá painéis ao vivo, palestras, entrevistas, um lounge virtual para o público, salas de bate-papo individuais para apresentadores de pôsteres e trabalhos científicos. Haverá tradução simultânea do evento para Português, Espanhol, Francês
e Mandarim.
Reserve a data para a Semana de Saúde Planetária, entre 25 e 30 de abril, que engloba, além da Conferência, também mais de 60 eventos paralelos e atividades artístico-culturais realizados ao redor do mundo para celebrar as ações socioambientais positivas que estão ocorrendo, bem como o nosso compromisso de remodelar o futuro! As inscrições estão abertas no site
https://www.planetaryhealthannualmeeting.com/.

Contato com a Imprensa:
Daniela Vianna, pesquisadora de pós-doutorado do GSP-IEA-USP e Coordenadora de Comunicação do
PHAM 2021
Telefone: (+55 11) 97552.6365
E: daniela.vianna@usp.br
W: https://www.planetaryhealthalliance.org
W: http://saudeplanetaria.iea.usp.br/pt/

Sobre a Planetary Health Alliance:
A Planetary Health Alliance (PHA) é um consórcio de mais de 246 universidades, organizações não
governamentais, institutos de pesquisa e entidades governamentais de 56 países comprometidos em
compreender e abordar as mudanças ambientais globais e seus impactos na saúde. A missão do PHA é
promover, mobilizar e liderar um campo inclusivo e transdisciplinar da saúde planetária e sua ciência,
histórias, soluções e comunidades diversas para alcançar a Grande Transição, uma mudança abrangente
em como os seres humanos interagem entre si e com a Natureza.
Para cumprir sua missão, a PHA:
Encoraja e capacita uma comunidade global diversificada de saúde planetária que atravessa setores,
disciplinas, gerações, visões de mundo e geografias;
Facilita a educação e o treinamento dos profissionais de saúde planetária atuais e da próxima geração
por meio do desenvolvimento e curadoria de recursos de acesso aberto, oportunidades de orientação e
liderança, e programas do nível fundamental ao universitário;
Divulga a ciência da saúde planetária, histórias e soluções por meio de amplo alcance público e
envolvimento direto com a sociedade civil, setor privado, público em geral e governos;
Promove medidas viáveis que os indivíduos e a sociedade possam tomar para defender e alcançar o
progresso em direção à saúde planetária.