Momento Cidade #01:
E se o ônibus fosse o transporte preferido dos paulistanos?

Notícia do Jornal da USP

Atualmente, a frota de ônibus na cidade de São Paulo é de quase 15 mil veículos. Embora boa parte da população utilize o transporte público diariamente, os automóveis continuam sendo o meio de locomoção preferido dos paulistanos.

Em sua edição de estreia, o Momento Cidade questionou: E se todo mundo, ou pelo menos, muito mais gente, decidisse deixar o carro em casa pra ir de ônibus à escola ou ao trabalho, o trânsito ia melhorar?

Para responder essa pergunta e esclarecer informações importantes sobre o transporte público em São Paulo, entrevistamos a pesquisadora Carolina Requena, do Centro de Estudos da Metrópole (CEM) na USP. Durante sua pós-graduação, a especialista estudou a burocracia dos órgãos da prefeitura que cuidam do trânsito e do transporte público. Para ela, um dos maiores problemas do trânsito hoje é a grande presença dos carros particulares nas ruas.

Além dela, conversamos com o professor Mauro Zilbovicius, do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica (Poli) da USP. Um dos campos de estudo do docente envolve entender os impactos das novas tecnologias e, especificamente, a questão do custo da operação dos ônibus em São Paulo. De acordo com ele, o sistema de linhas de ônibus municipal é antigo e não responde à demanda de hoje.

Juntos, os especialistas defendem que o uso do ônibus como principal meio de transporte dos paulistanos aumentaria com a diminuição de tarifas, maior integração entre diferentes tipos de transporte público, uma reforma das linhas e um esforço para desburocratizar a gestão do setor.

Ouça aqui.