Parceria entre Poli-USP e multinacional fomenta desenvolvimento de recursos humanos e do mercado de automação

Desde 1990, a Rockwell Automation do Brasil mantém um convênio empresa-universidade com o Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas da Poli.

 

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli – USP) vista de cima (Imagem: reprodução)

 

A Escola Politécnica (Poli) da USP foi fundada para apoiar o desenvolvimento tecnológico do Estado de São Paulo, e formar profissionais para dar suporte para a indústria brasileira. Até hoje, a missão da Poli se mantém, e uma das formas de alcançar este objetivo é a parceria entre os pesquisadores da Escola, empresas e indústrias.

 

Um exemplo deste tipo de parceria é desenvolvido desde 1990, com a Rockwell Automation do Brasil. Empresa que trabalha com soluções em automação industrial e informação, e tem um convênio empresa-universidade com o Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas da Poli.

 

Essa colaboração está baseada nos objetivos da universidade de oferecer atividades de ensino, pesquisa e extensão. Os alunos, docentes e bolsistas da área de automação de processos da Poli têm a oportunidade de desenvolverem soluções tecnológicas específicas para projetos da Rockwell, e também interagir com os profissionais da empresa gerando networking e abrindo novas possibilidades de projetos.

 

Os coordenadores do projeto explicam que, antes mesmo dos alunos exercerem suas atividades profissionais, eles já conheceram os processos. Isso porque a Rock disponibiliza os equipamentos para utilização dos alunos da Poli. O acesso às experiências laboratoriais e interação entre profissionais e alunos propicia a criação de novas pesquisas de automação industrial e elétrica, controle de processos e integração de sistemas corporativos.

 

Uma das demandas da Rockwell Brasil e dos Estados Unidos é o desenvolvimento do “chão de fábrica”. Para isto, a Poli conta com o capital intelectual  dos professores, dos acervos das bibliotecas e dos laboratórios para apresentarem soluções para os problemas levantados. 

 

Para além das oportunidades, já vistas acima, a Rockwell Brasil incentiva a participação dos alunos por meio de oferecimento de benefícios acadêmicos que servem de estímulos a publicações; participações em congressos e seminários; apoio financeiro aos estudantes que tiverem seus trabalhos aprovados; elaboração de trabalhos científicos, dissertações de mestrado e teses de doutorado; e atualizações entre disciplinas da formação acadêmica e empresas tecnológicas tornando o profissional de engenharia mais adepto as mudanças no mercado de trabalho. 

 

A parceria também rendeu a doação de equipamentos de automação, kits didáticos e licenças de software. 

 

Texto: Beatriz Carneiro 

 

Revisão: Amanda Rabelo