Poli na mídia: Estudo testa aquecimento por micro-ondas para aumentar vida útil do camarão

21/10/2020 – Pesquisador do Laboratório de Engenharia de Alimentos da Escola Politécnica da USP e do FoRC (Food Research Center – FoRC),  Jorge Andrey Wilhelms Gut, fala em matéria sobre o  processo de aquecimento e resfriamento do camarão, antes de ser embalado: “No ato de embalar, o alimento pode sofrer alguma contaminação por bactérias patogênicas e deteriorantes, o que pode apresentar risco para a saúde do consumidor e limitar a sua vida útil”. 

Leia na íntegra e saiba mais sobre a pesquisa.