Projeto da Poli incentiva economia na Amazônia de forma sustentável

O Projeto Amazônia 4.0 é liderado por professores do Departamento de Engenharia da Computação (PCS) da Escola Politécnica (Poli) da USP. A iniciativa busca incentivar a economia local de forma sustentável, por meio da aplicação de projetos laboratoriais e da criação do Biobanco da Amazônia. O projeto estimula que todo o processo de produção dos produtos típicos amazônicos, como o cacau e o açaí, seja realizado na própria região pelos moradores locais. Com isso, a ação gerará renda para a comunidade e despertará  nessa população a fim de proteger a floresta. “Vendo que ela consegue ganhar dinheiro com produtos da floresta, a população local vai ter maior interesse em proteger a floresta amazônica e ir contra o desmatamento”, comenta uma das líderes do projeto, a professora Tereza Cristina Melo de Brito Carvalho do PCS-Poli.

Para ler a matéria do Jornal da USP na íntegra, acesse aqui.