O reúso de água potável como estratégia contra a escassez

O professor do Departamento de  Engenharia Hidráulica e Ambiental da Escola Politécnica (Poli) da USP, José Carlos Mierzwa, fala em entrevista ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição sobre estudos para o reúso de água não potável que culminaram no início das atividades de pesquisa relacionadas ao reúso potável direto, com estudos pioneiros no Brasil. 

“Junto a uma companhia de saneamento de São Paulo (a companhia de saneamento de Campinas), implantamos um sistema demonstrativo para verificar o potencial de produção de água potável a partir de gastos domésticos”, diz o professor ao Jornal.

Leia na íntegra.