Indonésia: os desafios de resgatar o submarino desaparecido

24/04/2021 – Professor titular de Estruturas da Escola Politécnica (Poli) da USP, Miguel Buelta, fala em reportagem do Portal R7 sobre a falta de informações sobre o estado do submarino KRI Nanggala 402 da Indonésia que está desaparecido desde a última quarta-feira (21), quando submergiu com 53 pessoas a bordo e perdeu contato durante exercícios militares.

“Ainda não se sabe, por exemplo, se a tripulação teve tempo de ir para os compartimentos de segurança. O submarino tem alguns compartimentos chamados de anteparos, são paredes que resistem à pressão em profundidades grandes. Se o casco não entrou em colapso, a população pode estar lá dentro ainda”, explica ele.

Leia na íntegra.