Respiradores criados pela USP salvam mais de 100 vidas em hospital de Ribeirão Preto

Para auxiliar no combate à pandemia da covid-19, os respiradores do Projeto Inspire, desenvolvidos pela Escola Politécnica (Poli) da USP, foram distribuídos ao Hospital Santa Lydia, em Ribeirão Preto. De fevereiro a junho, a unidade de saúde recebeu 20 respiradores, resultando em mais de 100 vidas salvas da covid-19 na cidade.

“Nosso sonho é que os respiradores possam estar presentes em abundância em todo o País e em outros países. Possam estar presentes em ambulâncias, aldeias, quartéis, navios, em ilhas remotas, nos hospitais de pronto atendimento e até mesmo nas UTIs”, comenta o professor Raúl Gonzales Lima, especialista em Engenharia Biomédica e integrante do Projeto Inspire da Poli.

Leia a matéria na íntegra no Jornal da USP.