Estudantes de escola pública contam como é estudar na USP

Estudantes de escolas públicas e vindos de periferias, jovens descrevem a emoção de ingressar em uma das universidades mais importantes do Brasil. Aprovados em engenharia e medicina, cursos disputados na Universidade de São Paulo (USP), os calouros também fazem parte da história da USP, que pela primeira vez aprovou mais estudantes de escolas públicas do que das particulares.

“Quando vi meu nome na lista de aprovados, chorei de alegria, fiz o vestibular muito descrente e a aprovação foi um verdadeiro impacto não só para mim, mas para toda a minha família”, conta Breno Martins Braga, estudante do curso de engenharia mecatrônica na Poli (Escola Politécnica da USP) e o primeiro da casa a ser aprovado em uma universidade pública.

Leia na íntegra.