Estratégia Nacional de Inovação não contribui com o desenvolvimento da indústria

Especialistas da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em reunião organizada pela Associação Brasileira de Engenharia de Produção (Abepro), discutiram sobre a indústria brasileira. No encontro, também foram abordados temas como digitalização e transformação das empresas.

“A indústria que continua perde protagonismo no cenário internacional, esse é o ponto”, afirma, ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição, o professor Mario Sergio Salerno, do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica (Poli) da USP. “Essa estratégia é um amontoado de coisas, algumas delas sem pé nem cabeça”, acrescenta sobre a Estratégia Nacional de Inovação.

Leia na íntegra.