Professor da Poli defende o investimento na navegação como modal de transporte

O professor Rui Carlos Botter, da Escola Politécnica (Poli) da USP, comentou, em entrevista ao suplemento da Associação Brasileira de Operadores Logísticos (ABOL), em matéria sobre a privatização dos modais de transporte brasileiros. Em relação aos investimentos no modais, o professor aponta que “o ideal seria, em algum momento, o Governo fazer e depois levar para concessão”. Botter também afirmou que o Brasil deve investir mais na navegação, em especial na cabotagem, ou seja, na navegação entre portos de um mesmo País. “Sempre sugeri fazer três portos no Norte, um em Santos (SP) e um no Sul, para começar a fazer uma rede de cabotagem. Os terminais seriam exclusivos para cabotagem”, conta o docente.

A matéria pode ser lida no suplemento da ABOL, que foi publicado na edição de julho de 2021 do Anuário de Transporte de Cargas.