Pesquisadores geram energia limpa com resíduos de madeira

Um estudo desenvolvido por pesquisadores da Escola Politécnica (Poli) da USP mostrou como gerar energia limpa a partir de resíduos como serragem de madeira. O aproveitamento desse tipo de material é uma saída para o uso indiscriminado de combustíveis fósseis, responsáveis por gerar os gases causadores do efeito estufa. Para gerar energia, o material é queimado de maneira controlada. A queima gera “gases pobres”, que possuem baixo poder de combustão. Esses gases, por sua vez, são aproveitados para movimentar motores a combustão especiais.

“São ­­ substâncias que ficam jogadas em grande quantidade e não são aproveitadas, podendo virar energia”, afirmou, em um comunicado, o professor da Poli, José Roberto Cardoso, membro do Instituto dos Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE).

Leia a matéria da Veja na íntegra.