FORMANDO ENGENHEIROS E LÍDERES

No dia 20 de junho de 2024, a Congregação da Escola Politécnica (Poli) da USP concede, em sessão solene, o título de professor emérito ao docente João Antonio Zuffo. Sua indicação foi aprovada em 28 de março, após indicação do Conselho do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos. A solenidade será realizada a partir das 18h, no Auditório Prof. Francisco Romeu Landi, no Edifício Engenheiro Mário Covas Júnior, da Escola Politécnica da USP. As inscrições para o evento podem ser realizadas por meio deste formulário.

“Ao indicá-lo para receber o título de Professor Emérito, a Escola Politécnica presta uma belíssima e merecida homenagem à carreira e a obra do professor João Antonio Zuffo, pelas suas contribuições como professor, pesquisador e realizador”, destaca a diretoria da Poli. De acordo com o Estatuto da USP, “a Universidade e as Unidades poderão conceder o título de Professor Emérito a seus professores aposentados que se hajam distinguido por atividades didáticas e de pesquisa ou contribuído, de modo notável, para o progresso da Universidade”.

O professor João Antonio Martino defendeu a indicação do Departamento perante a Congregação. Após apresentar a trajetória do engenheiro eletricista que criou o primeiro circuito integrado do País, publicou mais de 200 artigos científicos em periódicos internacionais e nacionais, coordenou e participou de mais de 90 projetos de pesquisa na área de microeletrônica, além de ter fundado centros de pesquisa relevantes como o Laboratório de Microeletrônica e o Laboratório de Sistemas Integráveis, Martino concluiu que João Antonio Zuffo levou os resultados de seu trabalho na Escola para a sociedade, reunindo assim as características requeridas para se tornar um professor emérito.

Ainda durante a reunião da Congregação que aprovou a indicação, Antonio Carlos Seabra, professor titular da Poli, cujo orientador de mestrado foi João Antonio Zuffo, teve seu relato apresentado. “Ainda como aluno de graduação, me possibilitou participar de projetos em microeletrônica. Acho que as conquistas pessoais do professor Zuffo, um visionário que desbravou novas frentes de pesquisa, e um apaixonado que contagiou muitos jovens, já faz parte da história da nossa Escola. Ter quatro de seus alunos como professores titulares desta Escola é um indício inequívoco de seu talento”. 

Confira a reportagem e entrevista “João Antônio Zuffo: Da eletricidade para o mundo digital. Primeiro a produzir um chip no Brasil, engenheiro eletricista participou ativamente de vários projetos nos primórdios da computação no país”, publicada pela Revista Fapesp em março de 2017.

Serviço

Sessão Solene da Congregação para Outorga de Título de Professor Emérito ao Professor João Antônio Zuffo

Data e horário: 20 de junho de 2024, às 18h.

Local: Auditório Prof. Francisco Romeu Landi

Edifício Mário Covas Júnior

Avenida Prof. Luciano Gualberto, Travessa do Politécnico, número 380.

Cidade Universitária – Butantã, São Paulo – SP

Confirmação de presença: clique aqui.

Print Friendly, PDF & Email