O futuro do uso de tecnologias de imersão virtual no ensino acadêmico

Um painel internacional sobre realidades aumentadas publicou recentemente um relatório com resultados ao redor do aprendizado imersivo. O documento ressalta a importância das tecnologias imersivas para potencializar a educação e imergir os alunos em realidades mais práticas que promovam o maior aproveitamento técnico.  

“A simulação de procedimentos na área da saúde é um clássico uso de tecnologia imersiva, porque o concorrente da imersão como forma de aprendizagem seria o mundo real”, afirma Romero Tori, professor do Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas Digitais da Escola Politécnica (Poli) da USP. “Se o enfermeiro puder pegar um braço virtual e fazer coleta de sangue nesse braço virtual, ele vai estar muito mais próximo do treinamento real”, completa.

Leia na íntegra.