Somente 5,4% dos corredores de ônibus previstos para 2016 foram implantados em São Paulo até hoje

A Agência Fapesp divulgou o estudo “Priorizar o transporte público e desestimular o carro?”, que revelou que apenas 5,4% dos corredores de ônibus previstos para serem implantados na cidade de São Paulo em 2016 foram implementados até hoje. O estudo foi divulgado por pesquisadores do Centro de Estudos da Metrópole (CEM), um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão da FAPESP sediado na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Uma das autoras da pesquisa é a professora do Departamento de Engenharia de Transportes da Escola Politécnica (Poli) da USP, Mariana Giannotti. Leia na íntegra.