Poli-USP inaugura clube de astronomia

A Escola Politécnica (Poli) da USP passa a ter, a partir deste mês de setembro de 2019, um grupo dedicado ao estudo do universo, o Poli Stardust, Clube de Astronomia da Poli. O objetivo é promover palestras, cursos e observações do céu dentro e fora da Poli, além de possíveis projetos e pesquisas relativas à fabricação de telescópios automatizados e temas afins. O grupo é aberto para alunos, professores e funcionários da USP. Para início das atividades, haverá uma palestra aberta sobre como observar os astros, que será realizada no auditório do prédio de Engenharia Mecânica da Poli no dia 27 de setembro, das 12h às 13h, com o professor Paulo Gomes Varella, formado em Geologia na USP e professor do Planetário de São Paulo e da Escola Municipal de Astrofísica.

O projeto foi idealizado pelo professor do Departamento de Engenharia Mecânica, Maurício Silva Ferreira. Quando era aluno da Poli, Maurício começou a frequentar os cursos de astronomia do Planetário do Ibirapuera e a observar o céu a olho nu e com telescópio. “Foi uma época muito boa, era uma oportunidade de sair da rotina e aprender coisas novas fora da engenharia, muitas até complementares à minha formação”. O engenheiro percebeu que este era um interesse em comum com muitos colegas da Poli, que também gostariam de desenvolvê-lo de forma amadora. “Anos depois, quando ingressei na Poli como professor, comecei a amadurecer a ideia de criar o clube, e aqui estamos!”.

O clube organizará palestras, cursos, como o de astrofotografia, e sessões de observação do céu, replicando as experiências originais, mas, também, ampliando o escopo de atuação. “Para dar um exemplo, estamos encaminhando um trabalho de formatura com tema relacionado ao projeto de um telescópio, que futuramente pode virar tema de pesquisa”, relata o docente. 

Outras informações pelo e-mail mausferreira@usp.br.

poli stars