FORMANDO ENGENHEIROS E LÍDERES

Mais uma Intel ISEF (International Science and Engineering Fair) está a caminho e, como todos os anos, a FEBRACE (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) selecionou 9 projetos para fazer parte da delegação brasileira que representará nosso País na maior feira de ciências e engenharia pré-universitária do mundo. De 8 a 13 de maio de 2011, esses jovens cientistas vão competir com projetos de mais de 50 países, reunidos em Los Angeles, Califórnia.

 A nona edição da mostra de projetos da FEBRACE, que aconteceu de 22 a 24 de março nas dependências da Escola Politécnica, recebeu mais de 300 projetos finalistas. Todos foram avaliados por profissionais do mercado e por pesquisadores – mestres e doutores – da Universidade de São Paulo e universidades parceiras, somando aproximadamente 280 avaliadores voluntários. Nos dias 25 e 26 de março, foram anunciados os prêmios das instituições apoiadoras; os grandes destaques de cada categoria e também a seleção mais esperada pelos participantes: os quinze estudantes que participarão da  62a Intel ISEF.

 A delegação da FEBRACE será composta por 9 projetos selecionados, contando com 15 estudantes e 9 professores. Os participantes irão representar os estados do Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo; além de representantes da organização da FEBRACE e da imprensa nacional.

Sobre a Intel ISEF

 A Intel ISEF (International Science and Engineering Fair) é uma Feira Internacional de Ciências e Engenharia realizada anualmente, em maio, nos EUA. Para participar da Intel ISEF, o estudante precisa ser indicado por meio de uma das feiras nacionais credenciadas ao redor do mundo.

 Desde 1950, um estado norte americano diferente hospeda a feira. Neste ano, a 62a edição da feira será em Los Angeles, a maior cidade do estado da Califórnia. No último ano, a feira aconteceu em San Jose, também no estado da Califórnia, e os estudantes brasileiros selecionados pela FEBRACE, MOSTRATEC e Escola Americana de Campinas trouxeram para casa o impressionante número de 21 prêmios, conquistando assim o terceiro lugar entre os países mais premiados, ficando atrás somente dos Estados Unidos e da China.

 Este ano, a delegação da FEBRACE será representada por projetos nas áreas de biológicas, engenharia, exatas, humanas e saúde. Confira a lista dos projetos abaixo:

 – Avaliação dos parâmetros físico-químicos e dos aspectos ambientais no desenvolvimento de um carvão alternativo

Carlos Guilherme Lopes Grotto / Imperatriz – MA

– O índice constitucional

Ana Sofia Cardoso Monteiro / Recife – PE

 – Pesquisando a Ação Larvicida do Melão-de-São-Caetano

Rafael Carmo da Costa / Abaetetuba – PA

 – TouchingNotes II – música para os sentidos

Vinícius Guilherme Müller / Novo Hamburgo – RS

 – Produzindo Bio-DME, transformando poluição em energia

Lucas Ribeiro Mata / Macaé – RJ

 – Padronização e uso de “sulfitômetro” para detecção rápida de sulfitos em pescados

Gabriela Ono, Angela Di Gianni e Giovanna Calçada Tanniguchi / Santos – SP

 – OLEOQUÍMICA: REUTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE SOJA PARA PRODUÇÃO DE RESINAS ALQUÍDICAS

Adriana Ferreira Santana e Tiago Tolone Craveiro de Oliveira / São Paulo – SP

 – Projeto Energia Positiva – A utilização de pequenos aero-geradores na produção e consumo sustentável do potencial eólico de Acaraú

Arbiston de Sousa Borges e Rivan Rocha Pará / Acaraú – CE

 –  ARVO – Automatic Recycling of Vegetable Oil

Allan Soares de Sousa, Líbia Ezagui Torres de Brito e Marcel de Almeida Siqueira / Manaus – AM

Print Friendly, PDF & Email