Geotermia pode reduzir consumo de luz de 40% a 70%, avalia especialista

O uso de sistemas geotérmicos é pouco difundido no Brasil, mas segundo Alberto Hernandez Neto, professor da Escola Politécnica (Poli) da USP, a geotermia pode reduzir entre 40% e 70% o consumo de energia elétrica nos sistemas de ar-condicionado.

O professor, que cuida da parte da superfície do projeto de prédio-laboratório da Universidade, explica que o calor retirado do ambiente pela geotermia não vai para o ar, como costuma ocorrer com sistemas de ar-condicionado convencionais; esse calor vai para o solo. Com o consumo de energia elétrica em excesso no Brasil nos últimos anos, a geotermia pode ajudar na economia de gastos, justifica a cientista da USP, Cristina Tsuha, e a técnica já faz parte do Plano Nacional de Energia de 2050 do Governo Federal como forma de abastecimento energético do país.

Leia a matéria na íntegra.