Método gera índice de sustentabilidade para agricultura familiar na Amazônia

Um método para os agricultores familiares da Amazônia poderem medir a sustentabilidade de suas propriedades foi criado a partir de indicadores e critérios que foram definidos por meio de  oficinas com jovens filhos de produtores rurais e lideranças da região, juntamente com equipes da Embrapa e instituições parceiras do projeto “Inclusão Geodigital e Gestão Territorial de Unidades de Produção de Base Familiar” (IGGTS). O método pode ser aplicado pelos próprios agricultores e está detalhado no “Guia Metodológico: geração de indicadores de desempenho e índice multicritério de sustentabilidade para agricultura familiar no bioma Amazônia”, publicado pela Embrapa Territorial.

O trabalho compõe o Projeto Integrado da Amazônia (PIAmz), financiado pelo Fundo Amazônia e operacionalizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em cooperação com o Ministério do Meio Ambiente. Além de contar com a participação da Embrapa Informática Agropecuária, da Escola Politécnica (Poli) da USP, da Faculdade de Economia da USP e do Instituto de Socioeconomia Solidária (ISES).

Leia a matéria na íntegra.