Privatização dos Correios não vem com a obrigação de manter a universalidade de logística postal

O projeto de lei sobre a privatização dos Correios está em discussão no Senado Federal. O projeto trata de pontos que vão desde a demissão de funcionários até o funcionamento das entregas, que agora estarão nas mãos do vencedor da licitação. O professor Daniel Oliveira Mota, da Escola Politécnica (Poli) da USP, acredita que o processo de privatização é acompanhado de pontos positivos e negativos. “Do ponto de vista técnico, a privatização dos Correios tem um aspecto positivo, que é a melhoria do nível de serviço”.

Leia a matéria do Jornal da USP na íntegra.