Manifesto da Egrégia Congregação da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo sobre o Projeto de Lei 627/2020

A Egrégia Congregação da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, reunida no dia 17 de dezembro de 2020, vem a público manifestar repúdio e indignação à aprovação do Projeto de Lei 627/2020 pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, com respeito à subtração de 30% dos recursos da FAPESP, a mais prestigiosa agência de fomento à pesquisa da América Latina, que serão contingenciados em 2021.
Esta aprovação contraria declarações anteriores do Governo do Estado, quando se comprometeu publicamente com a sociedade paulista pela manutenção dos recursos da FAPESP.
Retirar recursos das atividades de pesquisa e desenvolvimento, especialmente neste momento de Pandemia, em que a ciência e a tecnologia desenvolvida no Estado de São Paulo vem contribuindo de forma decisiva para a preservação da vida e bem estar social, é atitude inoportuna e incoerente!