Centro Internacional de Referência em Reúso da Água (CIRRA) da USP concorre a premiação por contribuições na gestão da água na América Latina

O Centro Internacional de Referência em Reúso da Água (CIRRA), laboratório vinculado ao Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária da Escola Politécnica (Poli) da USP, está concorrendo como Centro de Pesquisa na primeira edição de uma premiação promovida pela Associação Latino-Americana de Dessalinização e Reúso de Água, a ALADYR. A organização é a maior referência em termos de dessalinização, reúso e tratamento de água e efluentes da América Latina, e este ano está organizando a premiação com diversas categorias, entre elas a que o CIRRA está concorrendo. O processo de votação estará aberto de 8 a 23 de setembro, e a votação será de natureza mista: uma porcentagem dos votantes será ocupada por sócios da ALADYR e o outro percentual pertence aos não-sócios cadastrados no site da ALADYR.

As inscrições para votação de não-sócios podem ser feitas no site. Os vencedores serão anunciados no dia 26 de outubro no quadro do Congresso Internacional ALADYR em Santiago, Chile.

O evento tem o objetivo de reconhecer os projetos, líderes e empresas que se destacam através da gestão individual ou em grupo e agregam valor para o progresso de integração de tecnologias de tratamento de água e efluentes.

O CIRRA é equipado com os mais avançados sistemas para tratamento de água e efluentes, incluindo os processos de separação por membrana e oxidação fotoquímica, destinados ao desenvolvimento de pesquisas e prestação de serviços para os setores públicos e privados na busca de soluções para os problemas relacionados à escassez de água e a poluição dos recursos hídricos.

Laboratório do CIRRA. Foto: Marcos Santos/ USP Imagens
Print Friendly, PDF & Email